Publicado em por em CRM Agrícola, CRM Agronegócio, Gestão Agrícola, Planejamento Agrícola

Metodologia IDIP: O que é e como ela funciona no agronegócio?

Quando falamos sobre CRM, a primeira associação que fazemos é de como a plataforma pode melhorar o relacionamento com o cliente. O que poucos sabem é que as melhores soluções de CRM são baseadas na metodologia IDIP.

Atualmente, os clientes esperam mais do que uma simples relação de compra e venda com as empresas. Dessa forma, valorizam cada vez mais um atendimento personalizado a cada uma de suas necessidades.

No agronegócio, associar um CRM especializado que possui um ciclo de implementação baseado na metodologia tem gerado aumento de vendas e maior fidelização de produtores rurais.

Neste artigo, você entenderá melhor o que realmente é a metodologia IDIP e como ela pode melhorar a performance da sua empresa de agronegócio.

O que é Metodologia IDIP?

Desenvolvida pelo Peppers and Rogers Group, a metodologia IDIP é uma técnica ligada à gestão de carteira. Essa metodologia foi desenvolvida para garantir que a empresa consiga fidelizar e reter mais clientes.

A metodologia IDIP pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio e permite, principalmente, uma atuação mais assertiva da equipe de vendas nas visitas técnicas.

A sigla “IDIP” é a sigla para Identificar, Diferenciar, Interagir e Personalizar. Ou seja, significa uma série de etapas que é muito importante para empresas que desejam atendem melhor a necessidade do cliente potencial.

Implementação da Metodologia IDIP no agronegócio

No agronegócio é muito importante garantir a eficiência dos produtos e serviços prestados para melhorar o posicionamento da empresa no mercado.

Ter este valor notado pelo produtor rural exige estratégias não só comerciais, mas também sobre como o relacionamento com o mesmo é levado em consideração na hora de fechar o negócio.

Pensando nisso, vamos entender melhor como funciona cada etapa da metodologia IDIP na gestão do agronegócio.

1. Identificação: quem é o produtor rural?

Certamente só é possível estabelecer um relacionamento com alguém que você conhece. Fazer a identificação do produtor é necessária para saber o que é possível oferecer, como é seu comportamento de compra, quais suas necessidades, perfil, entre outras informações.

Ao se preocupar em analisar quem está na sua base de clientes, você ganha uma vantagem competitiva em relação aos demais concorrentes. Isso porque torna mais fácil fazer um planejamento estratégico personalizado para conseguir uma boa taxa de conversão.

2. Diferenciação: quais são as suas necessidades?

A etapa de diferenciação permite entender as necessidades de cada produtor rural e os separar conforme suas exigências. Isso é muito importante para que a empresa possa oferecer um serviço preciso e qualificado.

A diferenciação também é responsável por economizar e otimizar o uso de recursos. Assim, os esforços com determinado cliente podem haver mais foco e não há desperdício de tempo.

3. Interação: qual é o melhor plano de ação?

A interação é uma das maiores responsáveis por garantir a fidelização do produtor rural. Sem ela, o consumidor não se mantém fiel à empresa e ainda pode se mostrar insatisfeito com o serviço oferecido.

Mais do que um foco na venda, a equipe comercial precisa fortalecer a conexão da marca com o cliente. É imprescindível seguir à risca as etapas de identificação e diferenciação para compreender o perfil do produtor e conseguir o resultado esperado.

Da mesma forma, oferecer visitas técnicas especializadas é um ótimo exemplo de interação que mostra resultados na fidelização e também na diferenciação do atendimento oferecido pela empresa em relação à concorrência.

4. Personalização: para quem é o produto ou serviço?

O sucesso da personalização se define pela satisfação do produtor rural em relação à compra. Essa satisfação está relacionada ao atendimento das demandas individuais e é por isso que personalizar o atendimento ou mesmo um produto é o último passo da metodologia.

Portanto, a personalização quando bem feita facilita a fidelização de um cliente e a sua percepção de qualidade, aumentando as probabilidades de ele indicar o serviço e de comprar da mesma empresa no futuro.

Personalizar não significa necessariamente criar algo novo. É importante aproveitar as variações que já existem do produto ou serviço e apresentá-las de forma eficiente para atender necessidades de cada produtor rural individualmente.

Combine Metodologia IDIP com um CRM especialista em agronegócio

Já sabemos que a metodologia IDIP serve para construir um melhor relacionamento com o produtor rural e permite que as atuações de vendas sejam de acordo com o seu perfil.

Assim, usar um sistema de CRM que já seja estruturado segundo essa metodologia, pode aumentar a capacidade de fidelização e fortalecer o posicionamento do seu agronegócio.

O Clover CRM é uma plataforma que possui ciclo de implementação baseado na metodologia IDIP que oferece recursos para toda a gestão comercial e relacionamento com o produtor rural.

O uso da solução otimiza o trabalho do gerente e da equipe comercial, uma vez que o sistema compartilha todos os dados necessários do cliente e facilita nos planos de ações, desde a identificação até a personalização.

Para conhecer mais sobre o Clover CRM e saber como a metodologia IDIP pode melhorar a performance do ciclo de vendas e aperfeiçoar a fidelização do produtor rural, fale com um de nossos consultores.


Publicado por:
Formada em Comunicação Social Audiovisual, pós-graduada em Linguagens e Processos de Realização para o Cinema e Analista de Conteúdo na Aliare.

Solicite demonstração

Preencha com seus dados e nossa equipe entrará em contato com você para agendar uma demonstração.

FECHAR