Publicado em por em CRM Agronegócio, Gestão Agrícola, Gestão Comercial

ERP e CRM: qual a diferença e como usar esses sistemas a favor do seu agronegócio

No agronegócio, cada decisão, desde o cultivo e colheita até a distribuição e atendimento ao cliente, pode impactar diretamente no sucesso de uma empresa. Para melhorar esses processos, o uso de um ERP e CRM pode ser essencial e eficiente.

Sabendo que a gestão de relacionamento, processos e informações podem ser desafios, essas ferramentas podem facilitar a organização, monitoramento e otimização de operações importantes.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas quanto a diferença entre as duas soluções. Embora muito confundidos, os sistemas possuem finalidade e funcionalidades diferentes.

Nesse sentido, vamos explorar mais sobre os sistemas ERP e CRM para entender melhor as diferenças e também como as duas ferramentas podem ser utilizadas estrategicamente para impulsionar os resultados do setor agropecuário.

Então, se você é um produtor rural, um gestor de uma cooperativa ou mesmo um empresário do agronegócio em busca de maneiras de otimizar sua gestão, continue lendo. Vamos lá?

O que é CRM? E ERP?

O CRM (Customer Relationship Management) é um sistema projetado para gerenciar e aprimorar as interações com clientes, parceiros e fornecedores.

A ferramenta é uma plataforma centralizada para rastrear e analisar dados de clientes, históricos de compras, comunicações e feedbacks.

O principal objetivo do CRM é criar relacionamentos duradouros com os clientes, melhorando a experiência, aumentando a fidelização e impulsionando as vendas.

O CRM também ajuda na segmentação de clientes, personalização de comunicações e previsão de tendências de mercado.

Além disso, ainda permitem às empresas entender, acompanhar e interagir de forma mais eficaz com os clientes em todas as etapas do ciclo de vida do relacionamento. Isso inclui prospectar novos clientes, conquistar, atender, reter e fidelizar clientes existentes.

Definição de ERP

Um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é um software integrado que ajuda as empresas a gerenciar e otimizar todos os seus processos de negócios e recursos em um único sistema centralizado.

O principal objetivo de um ERP é melhorar a eficiência operacional, fornecendo uma visão abrangente e em tempo real de todas as operações e departamentos de uma organização.

Ele abrange uma ampla variedade de funções, incluindo contabilidade, gestão de estoque, compras, produção, logística, recursos humanos e muito mais.

A ferramenta pode ser essencial para empresas de todos os setores e tamanhos, pois ajuda a simplificar processos, reduzir erros, economizar tempo e recursos, melhorar a tomada de decisões e aumentar a eficiência geral das operações.

Ele também fornece uma visão abrangente de todas as atividades da empresa, permitindo uma gestão mais estratégica e assertiva.

Qual a diferença entre CRM e ERP?

Enquanto o ERP se concentra na gestão eficiente de recursos e processos internos no agronegócio, o CRM está voltado para a gestão de relacionamentos com clientes e parceiros.

No entanto, ainda podemos pontuar diferenças em seus focos e objetivos:

CRM

  • Foco Principal: O CRM é um sistema de gerenciamento de relacionamento com o cliente que se concentra nas interações e relacionamentos com os clientes, parceiros e fornecedores.
  • Objetivo: O objetivo principal do CRM é melhorar a experiência do cliente, aumentar a fidelização, impulsionar as vendas e fortalecer as relações comerciais. Ele é usado para rastrear, analisar e melhorar as interações com clientes.
  • Dados Gerenciados: Um CRM gerencia dados relacionados aos clientes, como histórico de compras, preferências, feedbacks, registros de vendas e informações de contato.
  • Ciclo de Vida do Cliente: Está relacionado ao ciclo de vida do cliente, desde o primeiro contato até a fidelização. Ele se concentra nas atividades de vendas, marketing, atendimento ao cliente e construção de relacionamentos duradouros.

ERP

  • Foco Principal: Se concentra na otimização dos processos internos e na gestão eficaz dos recursos da empresa. Ele abrange uma ampla variedade de funções, como finanças, contabilidade, compras, produção, logística e gestão de estoque.
  • Objetivo: O objetivo principal do ERP é melhorar a eficiência operacional, reduzir custos, simplificar processos e garantir o uso eficaz dos recursos internos da empresa. Cria uma visão integrada de todas as operações internas.
  • Dados Gerenciados: Um ERP lida com dados internos da empresa, como informações financeiras, registros de funcionários, estoque, cadeia de suprimentos e processos de produção.
  • Ciclo de Vida do Produto ou Serviço: Está relacionado ao ciclo de vida do produto ou serviço, desde a aquisição de matéria-prima até a entrega do produto acabado ou serviço.

Embora o ERP e o CRM tenham focos diferentes, eles são frequentemente integrados em muitas empresas para fornecer uma visão completa das operações de negócios.

Isso permite uma colaboração mais eficaz entre os departamentos de vendas, marketing, produção e logística, garantindo que a empresa atenda às necessidades tanto dos clientes quanto das operações internas de forma eficiente.

Quais os benefícios de um CRM no agronegócio?

A implementação de um sistema de Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente (CRM) no agronegócio pode oferecer uma série de benefícios significativos para as empresas que atuam nesse setor.

Melhorias na gestão de relacionamento com clientes

Um CRM permite que empresas agropecuárias acompanhem as interações com clientes de forma mais eficaz. Isso inclui comunicações, histórico de compras, preferências e feedback.

Com essas informações, é possível personalizar o atendimento, entender as necessidades dos clientes e fortalecer os relacionamentos.

Aumento da eficiência operacional

Os sistemas CRM podem automatizar tarefas repetitivas, como o registro de informações do cliente, o agendamento de visitas e o acompanhamento de leads.

Isso economiza tempo da equipe e reduz erros manuais, aumentando a eficiência geral das operações.

Melhorias na tomada de decisão

Um CRM pode fornecer análises e relatórios detalhados sobre as atividades de vendas e o comportamento dos clientes. Dessa forma, ajuda os gestores e gerentes comerciais a tomar decisões estratégicas para impulsionar o crescimento.

Aumento das vendas

Com um melhor entendimento das necessidades dos clientes, as equipes de vendas podem oferecer produtos e serviços mais adequados, o que pode levar a um aumento nas vendas.

Além disso, a automação da força de vendas pode otimizar o processo de venda, desde a geração de leads até o fechamento de negócios.

Gestão de estoque e cadeia de suprimentos

Um CRM pode ser integrado a sistemas de gerenciamento de estoque e logística, o que permite um melhor controle da cadeia de suprimentos, tornando a gestão de recursos e estoque mais eficaz.

Melhoria na assistência técnica e suporte ao cliente

As empresas podem usar um CRM para rastrear problemas e solicitações de clientes relacionados a produtos agrícolas. Isso facilita a resolução rápida de problemas e a prestação de um melhor suporte ao cliente.

Aumento da satisfação do cliente

Quando os clientes recebem um atendimento personalizado e eficiente, sua satisfação geral aumenta. Nesse sentido, pode levar à fidelização de clientes e ao boca a boca positivo, que são essenciais para o sucesso a longo prazo no agronegócio.

Maior competitividade

A implementação de um CRM pode ajudar as empresas a se destacarem competitivamente, oferecendo um serviço de melhor qualidade e se adaptando rapidamente às mudanças nas demandas do mercado.

Facilite o trabalho da sua equipe comercial no campo com o Clover CRM

Como a integração de um ERP e CRM pode impulsionar os negócios?

A integração de ERP e CRM pode fornecer uma visão abrangente de todas as operações comerciais e de relacionamento com o cliente, melhorando também a colaboração e comunicação entre equipes.

Alguns exemplos de como essa integração pode ser vantajosa são:

Visão unificada do cliente

A integração permite que todas as equipes acessem informações atualizadas sobre os clientes. Isso inclui histórico de compras, preferências, solicitações de suporte e comunicações recentes.

Com essa visão unificada, as equipes de vendas, marketing e suporte podem personalizar suas interações com os clientes, oferecendo um serviço mais eficiente e satisfatório.

Previsão de demanda mais precisa

A equipe de vendas pode fornecer informações sobre as oportunidades de vendas em andamento e as previsões de vendas futuras aos sistemas.

Isso ajuda na gestão de estoque e na produção, permitindo que a empresa se prepare adequadamente para atender à demanda do mercado.

Segmentação e campanhas de marketing direcionadas

Com base nos dados do CRM, a equipe de marketing pode segmentar os clientes com mais precisão e criar campanhas direcionadas.

Por exemplo, eles podem identificar clientes que compraram produtos específicos no passado e direcionar campanhas relacionadas a esses produtos.

Acompanhamento de leads e oportunidades de vendas

O CRM pode rastrear leads desde o primeiro contato até o fechamento da venda. As equipes de vendas podem priorizar os leads com base em sua probabilidade de conversão, e o sistema ERP pode ser atualizado à medida que os pedidos são gerados.

Relatórios integrados

A integração permite a geração de relatórios que abrangem todas as áreas do negócio, desde vendas e marketing até produção e logística. Isso fornece uma visão abrangente das operações agrícolas e ajuda a identificar tendências e oportunidades de melhoria em toda a organização.

Melhoria na experiência do cliente

A colaboração aprimorada entre as equipes resulta em um atendimento ao cliente mais eficiente e personalizado. Os clientes percebem isso como um serviço de alta qualidade, o que pode levar a uma maior satisfação e fidelização.

11 dicas para escolher o ERP e CRM ideais para sua empresa agrícola

A escolha e implementação bem-sucedida de sistemas ERP e CRM no agronegócio são essenciais para garantir que essas tecnologias atendam às necessidades específicas da sua empresa.

  1. Avalie as necessidades específicas do negócio

Certifique-se de que o fornecedor compreenda as particularidades da empresa, como sazonalidade, gestão de culturas, cadeia de suprimentos complexa e requisitos regulatórios específicos do setor.

  1. Escolha um fornecedor especializado

Procure fornecedores que tenham experiência e um histórico comprovado de sucesso na implementação de sistemas ERP e CRM no agronegócio. Eles devem compreender os desafios únicos enfrentados pelo setor.

  1. Flexibilidade e customização

Certifique-se de que o sistema pode ser personalizado para atender às necessidades específicas da sua empresa. O agronegócio é diversificado e a capacidade de adaptação é muito importante.

  1. Integração de módulos

Verifique se o ERP e o CRM podem ser integrados perfeitamente e se os módulos necessários para as operações da sua empresa estão disponíveis. Isso inclui gestão de estoques, produção, recursos humanos, vendas e marketing.

  1. Mobilidade e acesso remoto

Considere se o sistema oferece mobilidade e acesso remoto. Isso é importante para as operações no campo, onde os funcionários podem precisar acessar dados e inserir informações enquanto estão em movimento.

  1. Suporte técnico e treinamento

Avalie a disponibilidade de suporte técnico e treinamento oferecido pelo fornecedor. Certifique-se de que sua equipe seja devidamente treinada para usar eficazmente o sistema.

  1. Integração com terceiros

Verifique se o sistema pode se integrar facilmente com outras soluções de software que sua empresa utiliza, como sistemas de monitoramento agrícola, software de análise de dados, sistemas de rastreamento de ativos, entre outros.

  1. Avaliação de custo total de propriedade (TCO)

Considere não apenas o custo inicial de aquisição, mas também os custos contínuos, como manutenção, suporte e atualizações. Calcule o TCO ao longo de um período significativo para entender completamente os custos envolvidos.

  1. Referências e cases de sucesso

Peça referências e estude casos de sucesso do fornecedor. Isso pode fornecer informações importantes sobre como outras empresas no agronegócio se beneficiaram da solução.

  1. Planejamento de implantação

Desenvolva um plano de implementação detalhado em colaboração com o fornecedor. Certifique-se de que todas as partes envolvidas entendam suas responsabilidades e prazos.

  1. Testes piloto

Realize testes piloto antes de uma implantação em larga escala para identificar possíveis problemas e ajustes necessários.

Lembre-se de que a escolha e implementação de sistemas ERP e CRM são projetos complexos e fundamentais para o sucesso do seu agronegócio.

Portanto, faça uma avaliação cuidadosa e esteja preparado para ajustar seu plano conforme necessário para garantir o sucesso do projeto.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando nosso blog e as redes sociais!

Conheça o Clover CRM, solução que entende do agronegócio


Publicado por:
Formada em Comunicação Social Audiovisual, pós-graduada em Linguagens e Processos de Realização para o Cinema e Analista de Conteúdo na Aliare.

Solicite demonstração

Preencha com seus dados e nossa equipe entrará em contato com você para agendar uma demonstração.

FECHAR